domingo, 18 de abril de 2010

Chuva

 












Faz cair lágrimas.
Faz apertar o peito.
Faz a saudade presente.

Quanto pequena ainda na aurora
Lembro-me da chuva nos telhados
Correndo pelas ruas.

Roupa colada no corpo,
Gotas escorrendo no rosto,
Sorriso aberto para o céu.

Só por causa da chuva
Meus olhos brilhavam
Minha boca sorria
E meu coração... amava.

Amava a chuva e a rua
Andava feliz com a terra fria
A saudade não acabou
Só a chuva ficou...



                                                                                  Meiriara Lopes de Araújo Cerqueira
                                                                                                   05/2000

Um comentário:

LeeK- "aprendiz de sonhador" disse...

Amava a chuva e a rua
Andava feliz com a terra fria
A saudade não acabou
Só a chuva ficou...
NÃO HÁ DE TARDAR, A CHUVA VAI PASSAR, A SAUDADE DE AGORA, AMANHÃ
PRAZER SERÁ.

BELO BLOG PARABENS,

ABRAÇOS

LEEK